quinta-feira, 25 de maio de 2017

Proposta de redação do simulado do ENEM

A importância de um texto dissertativo é que, por meio desse tipo de texto, verificamos que o aluno além de compreender a proposta, soube selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos e opiniões para desenvolver a temática com exatidão.
A nossa escola fez um simulado com o 2º e 3º ano do  Ensino Médio Inovador, e a redação teve como proposta: A questão dos refugiados no mundo contemporâneo.

Selecionamos alguns textos, apresentados abaixo:

                                         Pelo bem de todos.

Fluxos migratórios são comuns desde o início da civilização. Em terras brasileiras não foi diferente. Junto das Grandes Navegações, tivemos a colonização portuguesa, e, após isso, a vinda de africanos como escravos. Séculos após esses acontecimentos, torna-se perceptível o impacto que isso causou no país: regiões com culturas distintas, um povo miscigenado e aspectos urbanos diferentes de acordo com suas respectivas colonizações.
No século XXI, percebe-se que se iniciou uma nova espécie de fluxo migratório. Pessoas que, por motivos de guerra ou desastres naturais, saem de seu país em busca de asilo político e um possível recomeço: os refugiados. Como exemplo de fluxo migratório no Brasil é possível citar a chegada do povo haitiano, que devido a um terremoto em seu país, precisou reconstruir toda sua vida do zero, e enxergaram o Brasil como uma boa opção. A nível mundial, o grande número de refugiados do Oriente Médio, que busca refúgio em diversos países da Europa.
A partir do momento que um refugiado decide para qual país ele irá, o mesmo leva em conta diversos critérios, para garantir que terá uma condição de vida melhor do que a de seu país de origem, porém, quando ele chega ao local escolhido a realidade é bem diferente: pouca oferta de trabalho, moradia precária e o preconceito do povo local são apenas algumas das dificuldades encontradas por essas pessoas.
Como não há uma solução direta para este problema, a melhor opção é oferecer uma boa qualidade de vida para os habitantes do país, e desse modo, oferecendo a mesma aos refugiados. Mais segurança, melhor educação, diminuição no índice de desemprego são algumas das melhorias a serem feitas. Uma conscientização geral da população através de palestras e cartilhas (vindas não necessariamente de organizações governamentais) expondo todo o drama vivenciado por um refugiado para chegar em um local seguro seria o ideal para dar uma vida digna aos mesmos.


Stephanie Fernandes - 2º01 Inovador



A busca pela paz
A mídia nunca esteve tão repleta de notícias sobre migrantes e principalmente, refugiados. Isso se dá pelas constantes guerras em todo o mundo, guerras políticas, religiosas, territoriais e culturais que não deixam haver paz.
                A população das áreas atingidas pelas guerras, na tentativa de ao menos sobreviver, se vê obrigada a fugir e procurar abrigo em outros países, se arriscando extremamente e contando apenas com a sorte, uma vez que fugir se tornou uma solução falha, já que esses refugiados precisam enfrentar barreiras naturais, além da tão presente xenofobia.
                Quando conseguem entrar no país, se submetem a uma vida ilegal, numa constante fuga. Não obstante, vivem em situações precárias, passando fome, se sujeitando a trabalhos exploradores e pouco recompensados, além de se tornarem reféns do medo de ataques xenofóbicos que envolvem muitas vezes, violência. Tais situações comprovam que a ACNUR não tem exercido seu papel de maneira efetiva, não conseguindo abrigo temporário e muito menos definitivo para os refugiados.
                Diante dos fatos, uma medida cabível seria a construção de galpões nos países mais procurados e mais desenvolvidos para abrigar os refugiados, além da criação de campanhas contra xenofobia e ministração de palestras que apoiem essa população que busca apenas paz.

Andreia Caroline Barbosa -  3º01 Inovador

terça-feira, 11 de abril de 2017

Eleição Conselho Deliberativo 2017/2019

No dia 30 de março ocorreu a eleição para o conselho deliberativo escolar gestão 2017/2019.
Foram eleitos:
Segmento alunos: Bianca Gonçaves - titular, Ana Paula Cristofolini - suplente
Segmento servidores: Marla Luiza de Andrade Amorim - titular, Luciane Hilgenstiller - suplente
Segmento professores: Suelen C. Freneaux - titular, Gabriel Felipe da Silva - suplente
Segmento pais: João Batista Steffens, Jaqueline Travassor, Salatiel Aparecida dos Santos - eleitos na reunião de pais.






DIA DA FAMÍLIA NA ESCOLA

No sábado 08/04/17 aconteceu o DIA DA FAMÍLIA NA ESCOLA em toda rede estadual de educação, com o objetivo de aproximar a família da escola este ano nosso tema foi "FAMÍLIA E ESCOLA: VALORIZANDO TALENTOS". Os alunos coordenados pelos regentes organizaram apresentações culturais, stands com trabalhos, contação de história. Foi uma manhã de muita alegria, arte e cultura.
Parabéns aos alunos, pais, professores e toda família Celso Ramos.